http://www.facebook.com/ecoengconsult
POR

Ecoeng - Consultoria Ambiental - Natal/RN

Ecoeng - Consultoria Ambiental - Natal/RN

Designer de cabide sustentável diz que a versão plástica é o ‘segredo sujo’ da indústria da moda


Designer de cabide sustentável diz que a versão plástica é o ‘segredo sujo’ da indústria da moda

Cabides de plástico podem levar até 1.000 anos para serem decompostos em aterros. Sabendo disso, um designer de moda criou um cabide reciclável e sustentável, além de comparar os de plástico, difíceis de reciclar, com os “canudos de plástico”.

A Roland Mouret projetou os novos cabides com 80% de plástico reciclado que foi recuperado do mar e 20% de plástico reciclável. Segundo o designer, ele estava motivado a criar uma marca de cabides sustentável, pois acredita que os cabides de plástico são o “segredo sujo” da indústria da moda. “Uma bela peça foi pendurada em um cabide e levada de van até a loja”, disse Mouret à BBC Breakfast, “nessa viagem, usamos cabides de plástico descartáveis ​​que jogamos fora logo depois, e todos eles são poliestireno e poliestireno não é reciclável”.

Atualmente, 100 milhões de cabides de plástico, que podem incluir uma combinação de até sete plásticos diferentes, são jogados fora a cada ano, de acordo com a empresa de reciclagem de cabides First Mile. Cada cabide pode levar até 1.000 anos para ser decomposto em um aterro.

Em comparação, os novos cabides, criados em colaboração com Arch e Hook, são “totalmente sustentáveis” e “completamente recicláveis” caso quebrem. “Se você tem algo que se torna tão circular, nada volta ao mar”, disse Mouret sobre as maneiras de reduzir seu plástico descartável.

Apesar de oferecer mais de 300 cabides grátis para estilistas durante a London Fashion Week em outubro, o estilista disse que apenas 20% os aceitaram. Mouret também culpa a moda rápida pelas questões ambientais causadas pela indústria, acrescentando que “precisamos fazer uma mudança”.

No início deste ano, a First Mile lançou um serviço de reciclagem de cabides para uso em empresas de moda e varejo. O varejista John Lewis também apresentou uma solução sustentável para cabides, convidando os clientes a trazer cabides antigos para a loja Oxford da rede para serem reutilizados ou reciclados.

 

Fonte: independent.co.uk